Categorias
Seguro Auto

Consórcio ou Financiamento: Qual Escolher?

Se você está pensando em adquirir seu primeiro carro ou ainda quer trocar o atual por um modelo mais novo, com certeza já parou para pensar nessas suas possibilidades de aquisição: consórcio e financiamento de carros. Mas afinal de contas, qual opção escolher? Qual sai mais barato no fim das contas? Tire suas dúvidas agora!

Consórcio ou Financiamento: Em qual opção o carro sai mais em conta?

Quando falamos no valor final do bem, isto é, a somatória de todas as parcelas necessárias para quitá-lo, sem dúvida o Consórcio é a melhor opção.

Isso ocorre porque no consórcio você não paga juros e na maioria das vezes nem mesmo taxa de administração. Já no financiamento, o somatório das parcelas pagas durante o período pode chegar a quase duas vezes o valor do bem a vista. Isso ocorre devido aos juros que incidem sobre essa operação.

Em qual das opções consigo adquirir o bem de forma mais rápida?

Nesse ponto quem ganha é o financiamento. Após a pré aprovação do crédito e envio de toda a documentação necessária, o dinheiro já estará disponível em média em até 24 horas para o cliente.

Já no consórcio a aquisição (chamada nesse sistema de contemplação) apesar de poder ocorrer por lance ou sorteio, ou seja, envolver um pouco de sorte, pode demorar até o prazo estipulado no grupo, que pode chegar a anos.

Então qual opção escolher?

Bem, a opção varia de acordo com a necessidade e perfil financeiro do cliente. Se por exemplo, apareceu aquela oportunidade de adquirir o carro que você sempre sonhou por um bom preço a vista, o financiamento é uma opção interessante.

Agora se você está disposto a aguardar mais um pouco para adquirir seu carro, sem dúvidas considere o consórcio!

Nos disponibilizamos ambas as opções com excelentes diferenciais como despachante e vistoria gratuito e desconto no Seguro Auto para os veículos adquiridos por Consórcio ou Financiamento!

Se você tem interesse em saber mais sobre alguma dessas opções, basta clicar aqui e solicitar um atendimento de um consultor que irá tirar todas as suas dúvidas!

Conte sempre conosco!

Categorias
Seguro Auto

Seguro Auto ou Rastreador? Qual escolher?

Você está pesquisando há tempos e ainda não sabe se deve escolher um Seguro Auto ou um Rastreador Veicular?

Essa é uma dúvida muito mais comum do que você imagina, então vamos te contar o que cada um pode oferecer e te ajudar a decidir. Então leia o post até o final!

Rastreador veicular

O Rastreador Veicular vai fazer exatamente o que o próprio nome diz: rastrear seu veículo, ou seja, caso ele seja roubado ou furtado é mais fácil saber sua localização permitindo que ele seja recuperado.

Pode ser uma boa saída se você está querendo uma opção bem mais barata já que os rastreadores possuem uma mensalidade mais em conta.

Agora se o seu carro foi roubado e encontrado todo destruído e você só tiver um rastreador aí não tem que ser feito para resolver esse problema, nesse caso, o Seguro Auto seria o ideal.

Seguro Auto

0 Seguro Auto oferece diversos outros benefícios além da indenização em caso de perda total do veículo e reparos nos casos de danos parciais. O Seguro Auto também tem assistências que podem te ajudar a resolver aqueles problemas do dia a dia, como pane elétrica e pneu furado.

Agora que tal juntar o Rastreamento Veicular com todos os serviços oferecidos pelo Seguro Auto?

Pense no seguinte:  você tem um Seguro Auto e um Rastreador Veicular aí vem um ladrão e leva seu carro embora. Com o rastreador fica muito mais fácil localizá-lo e caso o ladrão tenha batido seu carro você ainda pode acionar o seguro para fazer o conserto.

Verifique quais seguradoras oferecem essa opção de contratação conjunta.  Conte com a ajuda de nossos consultores para esclarecer suas dúvidas! É só abrir um chamado de atendimento aqui.

E se você gostou do conteúdo, não deixe de compartilhar e deixar seu comentário!

Categorias
Seguro Auto

Seguro Auto: como funciona a cobertura para terceiros

Na hora de contratar seu Seguro Auto, você se depara com a seguinte opção:

Cobertura para terceiros:

– RCF-V – Danos Corporais

– RCF-V – Danos Materiais

– RCF-V – Danos Morais

Mas o que significam essas siglas? E quando essas coberturas poderão ser acionadas?

Bem, a sigla RCFV significa Responsabilidade Civil Facultativa Veicular e, basicamente, é a cobertura destinada a cobrir prejuízos causados à terceiros no evento de sinistro. Entenda agora o que cobre cada uma das categorias de RCFV.

RCFV – Danos Corporais

Como o próprio nome já diz, essa cobertura paga despesas médicas quando existem lesões, ou ainda indeniza em casos de morte ou invalidez do terceiro envolvido em um acidente ocasionado pelo segurado.

RCFV – Danos Materiais

Essa cobertura se destina a cobrir os danos materiais causados pelo segurado ao terceiro, aqui se encaixam por exemplo as indenizações de perda total do veículo do terceiro, quando o segurado é o culpado sinistro. Outro exemplo são casos em que o segurado colide com um muro e este venha a ser danificado, essa cobertura indenizará o proprietário do muro.

RCFV – Danos Morais

Destinada a pagar as despesas de eventuais processos e ainda, indenizações decorrentes de danos morais causados pelo segurado no momento do sinistro, como por exemplo ofensas direcionadas ao terceiro.

Vale a pena contratar as coberturas RCF?

Sim, vale muito! Na maioria dos sinistros há ocorrência de danos causados a terceiros, sendo na maioria das vezes materiais e corporais e sem essa cobertura o segurado iria ter que arcar com o reparo desses danos por conta própria, o que sem dúvida ficaria muito mais caro que o valor do prêmio dessa cobertura.

Pense:

 – Se você causar um dano de perda total a um veículo de um terceiro, cujo valor de Tabela FIPE, for de R$80.000,00 e não tiver contratado a cobertura de danos à terceiros, terá que arcar com esse valor total.

– Agora se você tiver contratado uma cobertura de R$100.000,00 por exemplo, a seguradora arcaria com essa indenização, com verba sobressalente de R$20.000,00.

– Vale ressaltar ainda que se sua cobertura para danos a terceiros for menor que o dano causado, o segurado terá que arcar com o restante do valor.

No exemplo acima, se o segurado tivesse contratado apenas R$75.000,00 de LMI (Limite Máximo de Indenização), teria que arcar com os outros R$5.000,00 restantes.

Sempre consulte seu corretor de seguros para verificar se as coberturas para terceiros estão contratadas com limites suficientes, e caso for fazer uma cotação online de seguros, se atente para esses campos do formulário.

Gostou do conteúdo? Compartilhe e deixe seu comentário!

Categorias
Seguro de Vida

Seguro de Vida como proteção financeira

Você sabia que em média, apenas 19% dos brasileiros possui um Seguro de Vida?

Pode parecer desnecessário gastar dinheiro com isso, mas, a realidade é bem diferente, ter um Seguro de Vida é um grande investimento em seu planejamento financeiro. Claro que nunca contamos e queremos que algo de ruim aconteça com a gente, mas sabemos que acidentes acontecem.

Imagine se você aos 26 anos não se preocupar com seu futuro e aos 55 ter algum problema de saúde que o impossibilite de trabalhar por algum tempo ou então, você tem uma família que depende de você e por uma infeliz coincidência do destino você venha a não estar mais com eles. Um Seguro de Vida contratado há alguns anos atrás te ajudaria em todas essas situações, com o acionamento das coberturas de:

– Doenças Graves;

– DIT (Diária por Incapacidade Temporária) e ainda;

– Morte e morte acidental.

Como você pode ver o Seguro de Vida é um planejamento para sua vida toda, assim como para a vida de seus familiares também e ele não é só a útil em caso de falecimento, atualmente a maioria das coberturas podem ser acionadas pelo segurado ainda em vida, como a já citada cobertura que garante antecipação de valores nos casos de Doenças Graves e a cobertura que paga suas diárias nos casos que ficar incapacitado de trabalhar – DIT.

Além disso o Seguro de Vida garante assistências como Auxílio Funerário, Título de Capitalização e ainda descontos ao participar dos clubes de benefícios das seguradoras.

Você pode estar se perguntando:

– Ah mais pagar seguro de vida é muito caro.

E é aí que você se engana: o preço do seguro de vida depende muito do perfil do segurado e das coberturas contratadas além disso não tem nada de maior valor que nossa segurança e conforto, coisas que um Seguro de Vida garante muito bem!

Quer fazer uma simulação do valor do seu Seguro de Vida simplificado, através de uma das maiores seguradoras do Brasil? Clique aqui.

Caso você deseje contratar coberturas mais amplas, fale com um de nossos corretores!

Estamos à disposição para sanar todas as suas

Categorias
Seguro Viagem

Seguro Viagem: porque é essencial

Tem coisa melhor do que viajar, conhecer lugares novos, culturas novas, comidas típicas, festas populares…

Mas bem na hora que você chegou no seu destino você descobre que perdeu suas malas! Que situação chat hein!

Mas claro que você não vai deixar isso estragar as férias.

Então você vai lá dar uma volta pelo Central Park e no caminho tropeçou, quebrou o pé e ainda teve que pagar o atendimento do médico em euro! Já cansado da maré de azar decidi voltar para casa, mas o voo marcado mudou de horário, e é claro que como você já havia feito o check-out do hotel, agora vai passar a noite no aeroporto…

Que situação hein!

Mas você   já pensou se você tivesse feito um seguro viagem antes disso tudo acontecer?  Você poderia ter contratado:

 – Cobertura contra extravio de bagagem;

 – Cobertura contra acidentes com reembolso de despesas médicas e ainda;

– Cobertura contra o cancelamento de viagem em atraso de voo!

Todas essas coberturas custariam muito menos do que você teria de desembolsar para resolver essas situações sem o seguro!  Por isso antes de se afobar com a tão sonhada viagem lembre se de planejar bem o roteiro, hospedagem, orçamento e é claro o Seguro Viagem!

Na Cotar Seguro Online você faz a cotação do seu Seguro Viagem e na hora já pode emitir sua apólice. Tudo isso por uma das maiores seguradoras do Brasil, a Porto Seguro!

Então clique aqui e faça sua cotação de seguro viagem agora mesmo!

Aproveite e conheça mais dos nossos seguros com cotação online e não se esqueça de compartilhar com os amigos!

Categorias
Seguro Auto

Seguro Auto: como funciona a cobertura por furto e roubo

Você sabe que o Seguro Auto garante indenização em casos de roubo e furto do seu carro certo? Isso costuma valer para a maioria das modalidades seja ela um Seguro Compreensivo ou um Seguro Não-Compreensivo. Mas você sabe como realmente o seguro te ajuda nessa situação?

Bem para começar vamos explicar a diferença entre roubo e furto:

Roubo é quando existe violência ou ameaça de violência para que o seu carro seja levado.

E num furto não há violência ou ameaça, por exemplo quando você estaciona seu carro em qualquer lugar e quando volta ele não está mais lá.

Mas não se preocupe porque o Seguro Auto te protege nos dois casos!

Se o seu carro for roubado ou furtado você deve antes de mais nada fazer um Boletim de Ocorrência (BO), onde relatará todos os detalhes do ocorrido, de posse do BO, você entra em contato com sua seguradora e faz um aviso de sinistro.

Após o aviso as seguradoras têm um prazo legal de até 30 dias para pagar a indenização caso seu carro não seja encontrado nesse período, mas se ele for encontrado a seguradora não pagará indenização.

Agora se os ladrões danificaram seu carro a ponto dele ficar muito danificado (danos acima de 75%, de acordo com a perícia) seu Seguro deverá pagar a indenização por danos integrais com valor correspondente à Tabela FIPE contratada na apólice (geralmente 100%).

Caso os danos sejam parciais e seu seguro preveja essa cobertura, então a seguradora pagará o conserto mediante o pagamento da franquia

O mais importante é saber que quanto mais rápido fizer BO na delegacia de polícia e o aviso de sinistro junto a seguradora,  mais rápido seu carro poderá ser recuperado ou mais rápido será o pagamento da indenização!

Gostou do conteúdo? Compartilhe e deixe seu comentário!

E se precisar de uma cotação de seguro auto , faça agora mesmo!